O Saber
Cart 0
my-african-bambola_t20_XQjBLX (1).jpg
Screenshot 2020-09-28 at 09.20.22.png
image.jpg
Screenshot 2020-09-28 at 09.20.22.png
Scroll
O SABER
Conhecimento e Intelectualidade

O saber não ocupa espaço




O SABER / CONHECIMENTO


O conhecimento humano é uma expressão usada para toda e qualquer experiência adquirida até o momento. É a soma de todos os pensamentos, criações e invenções da mente humana. Incluindo descobertas em diversas áreas da ciência: matemática, literatura, arte, entre outras. Para se ter uma dimensão exata do conhecimento, é preciso considerar que ele está em constante expansão, desde o início da humanidade, e tem aspetos filosóficos e científicos a serem considerados para a apreensão de seu conceito.
O conhecimento empírico surge da relação do homem com o mundo. Todo ser humano se apodera gradativamente deste conhecimento, ao passo que lida com sua realidade diária. Não há uma preocupação direta com o ato reflexivo, ocorre espontaneamente. É um conhecimento do tipo abrangente dentro da realidade humana. Não está alicerçada em investigações.
O conhecimento filosófico surge da relação do homem com seu dia-a-dia, porém preocupa-se com respostas e especulações destas relações. Não é um conhecimento estático, ao contrário está sempre em transformação. Considera os seus estudos de modo reflexivo e crítico. É um estudo racional, porém não há uma preocupação de verificação.
O conhecimento teológico preocupa-se com verdades absolutas, verdades que só a fé pode explicar. O sagrado é explicado por si só. Não há importância na verificação. Acredita-se que o conhecimento é explicado pela religião. Tudo parte do religioso, os valores religiosos são incontestáveis.
O conhecimento científico precisa de ser provado. O conhecimento surge da dúvida e comprovado concretamente, gerando leis válidas. É passível de verificação e investigação, então acaba por encontrar respostas aos fenômenos que norteiam o ser humano. Usa os métodos para encontrar respostas através de leis comprobatórias, as quais regem a relação do sujeito com a realidade.
"Segundo Platão, o conhecimento humano integral fica nitidamente dividido em dois graus: o conhecimento sensível, particular, mutável e relativo; e o conhecimento intelectual, universal, imutável, absoluto, que ilumina o primeiro conhecimento, mas que dele não se pode derivar".
Fonte de ajuda: Wiki

POEMA DO CONHECIMENTO
Batem em minha face por me faltar beleza
Desprezam minhas palavras só porque não tenho conhecimento
Esquecem os meus feitos simplesmente por não ter grandeza
E ainda me julgam por não ter sentimentos

Quem é forte suficiente para maltratar o fraco?
Às vezes a força não é o mais importante
Quem é o inteiro que pode zombar dos pedaços?
Nunca se sabe o que virá adiante

Imperfeitos pisando em imperfeitos
Brigas inconstantes para saber “quem é”
A criatura que tem menos defeitos
Quem é burguês, e quem é ralé

Acertos e erros totalmente distintos
Mas por fim somos todos iguais
Ser grande ou pequeno não altera o destino
Somos pó e nada mais.
Octávio L. Azevedo.




          Voltar P. Principal                                         Website Elaorado por: Mattusstyle                                         Voltar Topo