globo


Yesme

Cliqu na Imagem






Cliqu na Imagem






Cliqu na Imagem


TRIANGULO AMOROSO

A minha existência em termos de locais, é composta por um triângula amoroso: Póvoa de Lanhoso, Luanda - Angola e Guimaães.



  PÓVOA DE LANHOSO

Primeiros dez anos da minha vida.
Primeiras brincadeiras e primeiros amigos.
Instrução primária. Aprendi a ler e a escrever.
Póvoa de Lanhoso, terra com muita história:
Castelo de Lanhoso onde esteve presa D. Teresa após a batalha de S. Mamede, batalha essa com seu filho D. Afonso Henriques, nosso primeiro Rei. Este castelo e a igreja estão edificados num penedo monolítico, o maior da Península Ibérica!
Vestígios Ibero/Celtas com castros na encosta do Monte do Pilar. Maria da Fonte que iniciou no Minho a revolta com o mesmo nome contra os Cabrais.
Maria Balaio ou Maria Angelina de Simães? Qual foi delas a Maria da Fonte? Nunca se chegou a saber ao certo. Hoje Maria da Fonte dá nome a coletividades, restaurantes, casas típicas, publicações periódicas, etc. Maria da Fonte foi, é e será sempre um mito para todas as gentes das terras de Lanhoso.
António Lopes - Um benemérito da Vila. A este ilustre povoense, se deve a existência do Hospital, Theatro Cine, Escola Primária e uma Casa senhorial que atualmente serve de asilo.
Tem muitas quintas e casas senhoriais espalhadas pelo concelho.
Não posso esquecer de dizer que Póvoa de Lanhoso é terra do ouro. Há uma tradição centenária neste concelho no fabrico e transformação deste metal precioso em lindas peças ornamentais, com destaque especial para as filigranas.
Esta arte começou na Freguesia de Travassos, espalhando-se posteriormente para as freguesias vizinhas.
As localidades mais conhecidas em Portugal pelo fabrico do ouro, são Póvoa de Lanhoso e Gondomar.
A tradição na Póvoa de Lanhoso é mais antiga, mas Gondomar no Distrito do Porto desenvolveu-se mais rapidamente devido às melhores vias de comunicação.
Muito e muito mais património histórico, cultural e paisagístico.
Atualmente a Póvoa de Lanhoso é uma vila do interior minhoto, bastante moderna e muito acolhedora.
A atividade saudável da conservação do património é um facto. Os vestígios históricos são muitos e há um crescente interesse na sua preservação.
A Póvoa de Lanhoso, situa-se a escassos quilómetros de Braga, Guimarães, Fafe, Famalicão e outras.


Póvoa de Lanhoso - Centro



ANGOLA

Dos dez aos trinta.
Estudei, trabalhei e vivi intensamente naquela terra.
Angola, terra fascinante. Um amor à primeira vista.
Luanda é linda!!!...
Cidade cosmopolita com vida diurna e noturna fervilhantes.
Clima quente e muito húmido.
Praia praticamente todo o ano. Farras por tudo e por nada. Saberes e sabores apurados. Terra grande e mentes abertas.
As acácias em flor e a rosa de porcelana. Esta rosa dura seis meses em água e uma aspirina. Caça e pesca abundantes.
Todo o tipo de cereais produzem duas vezes por ano.
Musica muito ritmada e gastronomia rica e picante.
A terra e as suas gentes são quentes.
As batocadas à noitinha e as "farró das bi" (Merengadas e Rebitas).
Terra de encanto e beleza que entontece os sentidos.
As cataratas de Kalandula e as pedras negras de Pungo Andongo.
Muito e muito mais há para dizer.
Luanda nos dias de hoje, evoluiu em alguns aspetos e regrediu em muitos outros.
Como era de esperar, após a independência muita coisa mudou. Mas a beleza de Luanda não se alterou. Continua linda! É linda realmente esta cidade tropical cheia de cor e vida!


Baía e Marginal de Luanda



 : GUIMARÃES

Por último Guimarães.
Após o regresso foi nesta cidade que assentei arraiais. Encontrei o que há muito procurava, a felicidade.
Guimarães está carregadinha de história. Aqui nasceu Portugal e Guimarães é o berço da nossa nacionalidade.
Segundo reza a história, o nosso primeiro rei D. Afonso Henriques deu aqui os seus primeiros passos.
A independência de Portugal começou com a batalha de S. Mamede, entre D. Afonso Henriques e sua mãe D. Teresa, e começou no campo de S. Mamede, largo espaçoso entre o castelo e a igreja de S. Dâmaso. Esta batalha terminou em Aldão no campo da Ataca.
O castelo de Guimarães é uma das sete maravilhas de Portugal.
Guimarães tem mais uma figura célebre da nossa história, Gil Vicente, o pai do teatro português.
Tem ainda as Gualterianas e as Nicolinas. Esta última, tradição estudantil única no mundo,
O Centro Histórico foi considerado pela Unesco como Património Mundial da Humanidade.
Foi o maior centro de produção de têxteis e calçado de todo o país.
Guimarães está situada no baixo Minho a cerca de vinte quilómetros da capital da província, Braga.
Os Paços dos Duques de Bragança é um palácio/museu digno de se ver.
Tem a Penha onde se pode desfrutar uma vista deslumbrante sobre a cidade. Aqui chegados, podemos ler num anúncio gigante, bem ao alcance do olho, a seguinte frase: "Não tires mais que fotografias e não deixes mais que as tuas pegadas". Chama-se a isto, preservação da natureza.
Existe no concelho a citânia de Briteiros, ruinas duma cidade ibero-celta.
Há um polo da Universidade do Minho virado unicamente para todo o tipo de engenharias.
Para refrescar os dias no verão, tem Guimarães um parque aquático, o Scorpio.
No centro histórico existe vida noturna intensa.


Praça da Oliveira - Guimarães





 : AGRADECIMENTOS

Quero agradecer a todos aqueles que tiveram a coragem e a paciência de ler até ao fim estas pequenas histórias do meu triângulo amoroso.
Um agradecimento muito especial para o Filipe que me ajudou a por isto no ar.
Um abraço.







Maria da Fonte





Rosa de Porcelana - Angola





Aqui Nasceu Portugal - Guimarães

















Website Elaborado por: Mattusstyle                                                                                                                                                                                                                                                 VOLTAR TOPO