�?!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.01 Transitional//EN" "http://www.w3.org/TR/html4/loose.dtd"> Pedaços da Vida

 

 

              PEDAÇOS DA VIDA
                            Site de memórias, cultura e entretenimento

                                                                                       

P ágina P rincipal

 

BEM VINDOS AO SITE                                                                            


Olá a todos!
Triângulo Amoroso


A minha existência em termos de locais é composta por um triângulo amoroso:
Póvoa de Lanhoso, Luanda - Angola e Guimarães.

Fontarcada - Póvoa de Lanhoso


Primeiros dez anos da minha vida.
Vim ao mundo em Fonte Arcada.
Cresci no seio duma família muito numerosa.
Primeiras brincadeiras e primeiros amigos.
Instrução primária. Aprendi a ler e a escrever.
Póvoa de Lanhoso, terra com muita história:
Castelo de Lanhoso onde esteve com residência fixa D. Teresa após a batalha de S. Mamede, batalha essa com seu filho D. Afonso Henriques, nosso primeiro Rei. Este castelo e a igreja, estão edificados no maior penedo da Península Ibérica!
Vestígios Ibero/Celtas com castros na encosta do Monte do Pilar. Maria da Fonte que iniciou no Minho a revolta com o mesmo nome contra os Cabrais.
Maria Balaio ou Maria Angelina de Simães? Qual foi delas a Maria da Fonte? Nunca se chegou a saber ao certo. Hoje Maria da Fonte dá nome a colectividades, restaurantes, casas típicas, publicações periódicas, etc. Maria da Fonta foi, é e será sempre um mito para todas as gentes das terras de Lanhoso.
António Lopes - Um benemérito da Vila. A este ilustre povoense, se deve a existência do Hospital, Theatro Cine, Escola Primária e uma Casa senhorial que actualmente serve de asilo.
Casa da Botica, a casa da cultura da Póvoa de Lanhoso.
Tem muitas quintas e casas senhoriais espalhadas pelo concelho
Ah!...Tem o ISAVE, instituto de ensino universitário no ramo da saúde!
Não posso esquecer de dizer que Póvoa de Lanhoso é terra do ouro. Há uma tradição centenária neste concelho no fabrico e transformação deste metal precioso em lindas peças ornamentais, com destaque especial para as filigranas.
Esta arte começou na Freguesia de Travassos, espalhando-se posteriormente para as freguesias visinhas.
As localidades mais conhecidas em Portugal pelo fabrico do ouro, são Póvoa de Lanhoso e Gondomar.
A tradição na Póvoa de Lanhoso é mais antiga, mas Gondomar no Distrito do Porto desenvolveu-se mais rapidamente devido às melhores vias de comunicação.
Muito e muito mais património histórico, cultural e paisagístico.

A Póvoa de Lanhoso evoluiu e é atualmente, 2013, uma vila do interior minhoto, bastante moderna e muito acolhedora.
Cresceu entretanto. Possui muitas estruturas espalhadas pelo concelho, de apoio às suas populações:
Muitos jardins públicos, pavilhões desportivos, centros educativos e de saúde, sedes de junta de freguesia, capelas mortuárias, arranjos urbanísticos, construção de estradas, gabinetes para a preservação da natureza e apoio à arte centenário do ouro.
Relativamente ao último ponto, há um projeto um curso de apoio àquela indústria artesanal, chamado: “Por um fio de ouro�? Incentivo ao fabrico principalmente das filigranas.
Vários centros de apoio à juventude e terceira idade. Piscinas para lazer e desporto.
No aspeto económico, evoluiu do sistema primário para o secundário e terciário. Neste último, possui vários tipos de serviços, mas principalmente muitos restaurantes dedicados à gastronomia local.
Quanto à indústria, já esteve melhor. A crise que Portugal atravessa, atirou muitas empresas para a falência.
A Póvoa de Lanhoso, situa-se a escassos quilómetros de Braga, Guimarães, Fafe, Famalicão e outras.
Visite a Póvoa de Lanhoso porque vale a pena.
As suas gentes são simpáticas, hospitaleiras trabalhadoras.

Póvoa de Lanhoso - Centro


Luanda - Angola


Dos dez aos trinta.
Estudei, trabalhei e vivi intensamente aquela terra.
Ninguém duvida da sua grandeza e da importância que teve na vida de milhares de portugueses.
Angola, terra fascinante. Um amor à primeira vista.
Luanda é linda!!!...
Cidade cosmopolita com vida diúrna e nocturna fervilhantes.
Clima quente e muito húmido.
Praia praticamente todo o ano. Farras por tudo e por nada. Saberes e sabores apurados.
Terra grande e mentes abertas.
Grandes espaços e riquezas naturais incalculáveis. O solo e o subsolo riquíssimos.
As acácias em flor e a rosa de porcelana. Esta rosa dura seis meses em água e uma aspirina.
Caça e pesca abundantes.
Todo o tipo de cereais produzem duas vezes por ano.
Musica muito ritmada e gastronomia picante com muito gindungo (piri-piri).
A terra e as suas gentes são quentes.
As batocadas à noitinha e as "farró das bi" (Merengadas e Rebitas).
As cassatas (bolas de gelado gigantes) e os canhangulos (finos em copos muito altos) no Baleizão com ginguba (amendoim sem casca), tremossos, dobrada ou camaroeszinhos como aperitivos!
As mariscadas no Amazonas ou no Cacuaco.
Terra de encanto e beleza que entontece os sentidos.
As cataratas do Duque de Bragança e as pedras negras de Pungo Andongo.
O Futungo de Belas, a Quinta Rosa Linda, a Curimba, a Barra do Cuanza, a Kissama (Reserva de caça), a Ilha, ai a Ilha!... e principalmente o Mussulo! O kapussoca e o kitoco, machimbombos flutuantes (barcos) que nos transportavam à ilha de sonho.
Muito e muito mais há para dizer.
Falei do que me lembrei e que foi importante para mim.
Tudo isto e muito mais.

Luanda nos dias de hoje, evoluiu em alguns aspectos e regrediu em muitos outros.
Como era de esperar, após a independência muita coisa mudou. Mas a beleza de Luanda não se alterou. Continua linda! É linda realmente esta cidade tropical cheia de cor e vida!

Luanda - Avenida Marginal


Guimarães


Por último Guimarães.
Após o regresso de Angola, foi nesta cidade que acentei arraias. Os melhores momentos da minha vida foram vividos aqui. Aqui continuei a estudar, trabalhar e renasci para a vida. Também foi aqui que namorei, casei e constitui família. Posso afirmar que nesta terra encontrei o amor da minha vida e nesta cidade nasceu o fruto dessse amor, o nosso filhote.
Em Guimarães aconteceram coisas bonitas, e é neste concelho que se encontra grande parte da minha família.
Guimarães está carregadinha de história.
Aqui nasceu Portugal e Guimarães é o berço da nossa nacionalidade.
Segundo reza a história, o nosso primeiro rei D. Afonso Henriques deu aqui os seus primeiros passos.
A independência de Portugal começou com a batalha de S. Mamede, entre D. Afonso Henriques e sua mãe D. Teresa, e começou no campo de S. Mamede, largo espaçoso entre o castelo e a igreja de S. Dámaso. Esta batalha terminou em Aldão no campo da Ataca.
O castelo de Guimarães é uma das sete maravilhas de Portugal.
Guimarães tem mais uma figura célebre da nossa história, Gil Vicente.
Tem ainda as Gualterianas e as Nicolinas. Esta última é uma tradição estudantil única no mundo, que é candidata a Património Imaterial da Humanidade.
O Centro Histórico já é Património Mundial da Humanidade.
Guimarães vai ser Capital Europeia da Cultura em 2012.
Foi o maior centro de produção de texteis e calçado de todo o país.
O clube desta cidade, o Vitória, tem dos sócios mais ferrenhos e dedicados ao seu clube.
Guimarães está situada no baixo minho a cerca de vinte quilómetros da capital da província, Braga.
Os Paços dos Duques de Braçança é um palácio/museu digno de se ver.
Tem a Penha onde se pode desfrutar uma vista deslumbrante sobre a cidade. Para lá ir mais facilmente, há o teleférico, a troco de meia dúzia de tostões.Aqui chegados, podemos ler num anúncio gigante, bem ao alcance do olho, a seguinte frase: "Não tires mais que fotografias e não deixes mais que as tuas pegadas".
Existe no concelho a citânia de Briteiros, ruinas duma cidade ibero-celta.
Há um polo da Universidade do Minho virado unicamente para todo o tipo de engenharias. Existe ainda e para apoio a esta Universidade, o Avepark, parque tecnológico. Está situado numa freguesia do concelho, S.Cláudio de Barco.
Para refrescar os dias no verão, tem Guimarães um parque aquático, o Scorpio.
A cidade possui dois parques de lazer para entre outras ajudar na manutenção fisica, um pavilão multiusos para todo o tipo de eventos.
No centro histórico existe vida nocturna intensa.
Devido ao 2012, os sítios mais degradados estão a ser convertidos em lindos espaços.
Já temos um contro cultural, o Centro Cultural Vila Flor e em vias de ter uma casa das artes e um centro de formação profissional.
Mais e muito mais.
Há localidades lindíssimas nas redondezas. Há vários pontos interessantes e gente jovem empreendedora.
Também tem gente peneirenta e alguns vivem acima das possibilidades.
Na claque do Vitória há gente boa e gente menos boa. Por vezes exageram nas atitudes. Alguns andam metidos em coisas proibidas. Enfim, há de tudo. Por vezes pensam que o amor ao seu clube justifica tudo. Mas não.

Entretanto muitas coisas de interesse aconteceram em Guimarães.
De Cidade Património da Humanidade, foi Capital Europeia da Cultura. Em 2013, Capital Europeia do Desporto.
No Pavilhão Multiusos, realizam-se diversos eventos importantes, ligados à música, aos clássicos, a atividades desportivas, e alguns de interesse económico.
O Vitória de Guimarães disputa a Liga Europa.
Um abraço
Mattu's
Textos escritos em 2011, 2012 e 2013.

Guimarães - Praça da Oliveira

 

 

Agradecimentos

Quero agradecer a todos aqueles que tiveram a coragem e a paciência de ler até ao fim estas pequenas histórias do meu triângulo amoroso.
Um agradecimento muito especial para o Filipe que me ajudou a por isto no ar.
Um abraço.



 

 



Relógio



__________________________


Pedaços da Vida


Bocados de mim e daqueles que me rodeiam apanhados ora aqui ora acolá, em texto ou imagens.
Vivências duma vida ao longo de muitos anos.
Recordações e pedaços duma história de vida. De uma vida e outras vidas que trazem histórias à história.
Estou a recolher os meus pedaços.

__________________________

 

Póvoa de Lanhoso


Póvoa de Lanhoso - Maria da Fonte


Castros no Monte do Pilar


Póvoa de Lanhoso - Isave


Residência Universitária


Póvoa de Lanhoso - Centro


Casa António Lopes e Jardim Público

Luanda - Angola


Angola - Rosa de porcelana


Quedas de Kalandula


Mussulo - Ilha de sonho


Luanda Moderna


Luanda - Centro

Guimarães


Castelo de Guimarães


Aqui nasceu Portugal


Guimarães Shoping


Guimarães - Igreja de S. Gualter


Centro histórico à noite


Universidade do Minho - Polo de Guimarães


Paço dos Duques de Bragança


Guimarães - Estação Ferroviária


Guimarães - Teleférico